24 de jul de 2011

Agora eu tenho um tablet

Rebelde que sou, não me curvei ao iPad, tal qual todo produto Apple, vende por ser de grife. É claro que são excelentes produtos, pois fabricam tanto o hardware como o software. A bronca que tenho da Apple é a dificuldade que impõe ao usuário em não disponibilizar slot para cartão e o SO não ter gerenciador de arquivos intuitivo, obrigando a usar o iTunes, para arquivos de mídia, que funciona com um sargentão.
O mais underground hoje é o sistema Android, por isto e pelo preço, escolhi o Acer Iconia Tab A500. O preço (sem tax) era US$ 459 contra 499 do iPad sem 3G. O que o iPad não tem e o Acer tem: processador de dois núcleos, placa de vídeo geforce, saída micro hdmi, (único tablet) com entrada Usb (único) com entrada pra cartão microUsb e com capacidade de até 32 Gb, além da tela pouco maior:

A dica para a compra de eletrônicos e na maior loja do mundo chamada B&H Photo e Video, fica na 9a. Ave. Ali vc vê que a maioria dos funcionários são judeus ortodoxos, e, são muito gente boa, porém querem te vender a qq custo um seguro a mais para o seu mimo eletrônico. Fomos também na Apple Store e fiquei impressionado com a febre de vendas, o movimento parece o Carrefour em dia de sábado.

* * * * * * * * 
Coluna do João Dória Jr. - IstoÉ Dinheiro - 22.07.2011
Crise? Qual crise?
Maior loja de equipamentos para foto e vídeo em Nova York, a B&H tem passado à margem da lenta recuperação da economia americana. Com uma única loja na 9th Avenue, a B&H vende mais de US$ 4 milhões por dia. No Natal passado, comercializou em um dia US$ 8 milhões, recorde histórico. Detalhe: a única língua alternativa no site e no atendimento da loja é o...português.